quadro

Em 1891, a milionária de San Francisco Kate Birdsall Johnson encomendou uma pintura que retratasse seus 42 gatos favoritos. O produto final foi um quadro de 1,82 por 2,43 metros e 90kg – o maior quadro retratando gatos do mundo.

Desde sua criação, a pintura foi exibida em feiras no mundo todo, sobreviveu ao terremoto e o incêndio de 1906 e foi enviado em uma turnê pelo país. Na terça feira, a loja de leilão Sotheby colocou a obra em leilão. O quadro foi comprado anonimamente por U$826 mil dólares – ultrapassando em mais de 500 mil o valor estimado.

Apesar de parecer um preço muito alto a ser pago pela mercadoria, não se deixe enganar: a história por trás do trabalho é tão espetacular quanto o produto acabado.

Kate Birdsall Johnson foi uma das patronas das artes mais importantes da Califórnia. Seu marido, Robert C. Johnson, era um empresário local, cujo dinheiro veio de seu pai, um ex-capitão de navio que fez uma fortuna vendendo carne de porco em Gold Rush, em San Francisco. A Sra Johnson soube aproveitar a riqueza – gastando cada centavo em torno da paixão de sua vida, seus gatos.

A pintura é tão grande e pesada que a Sotheby teve que fazer uma parede especial para pendurá-la.
A pintura é tão grande e pesada que a Sotheby teve que fazer uma parede especial para pendurá-la.

Kate tinha 350 gatos em sua casa de verão, em Buena Vista, em Sonoma. Os gatos tinham nomes e uma frota de servidores. Seu animal favorita era um gato de Paris chamado Sultan – ele a comprou por 3 mil dólares em uma viagem. Ele é o gato que está em destaque no centro da pintura.

Quando Kate pediu para o artista austríaco Carl Kahler retratar seus gatos para a posteridade, ele admitiu que nunca tinha pintado antes, e passou 3 anos esboçando a ninhada. A única coisa ruim sobre a homenagem aos gatos é seu nome decididamente assustador: “Amantes de minha esposa”. Alegadamente, foi o marido de Kate que deu o nome à obra.

A pintura trocou de mão muitas vezes, e quanto aos gatos, suas vidas foram luxuosas até o fim. No testamento de Kate, ela pedia que 500 mil fossem reservados para garantir “cuidados pérpetuos e conforto” a seus bichinhos.

Fonte: SF Gate,

Anúncios