Era Vitoriana

Primeiro site brasileiro dedicado ao período Vitoriano, datado de 1837 a 1901.

Annie Edson Taylor: a primeira pessoa que se jogou das Cataratas do Niágara em um barril e sobreviveu

Annie

Se ela era uma viúva de aparência frágil de 63 anos que mal conseguia sobreviver com seu salário de professora, Annie Edson Taylor não sentia pensa de si mesma. Essa é a bizarra história da primeira pessoa a mergulhar nas Cataratas do Niágara em um barril… e sobreviver.

Annie teve uma vida difícil: veio de uma família de oito filhos, perdeu o pai jovem, e estudou para se tornar professora. Ela se casou, mas seu único filho morreu na infância, sendo seguido logo depois por seu marido. Depois de sua perdas, Annie passou muitos anos indo de emprego em emprego, de cidade em cidade, em busca de um meio de se assegurar financeiramente. Ela sabia que não havia muito espaço para viúvas frágeis e sem dinheiro em uma nação industrial em expansão. Annie leu sobre a crescente popularidade de duas cachoeiras enormes localizadas entre o Estado de Nova York e o Canadáe, de alguma forma, pensou que precisava fazer algo drástico para não passar seus últimos anos em miséria. Ela então decidiu que pularia das cachoeiras em um barril.

Primeiro, ela lançou a idéia a um agente, Frank Russel, e juntos eles partiram para as Cataratas para convencer os funcionários a permitirem que Anne pulasse do local em um barril selado. Vários aventureiros anteriores tinham tentado o mesmo e acabaram mortos. Então, antes de convencer os funcionários, ela precisava fazer um teste. O voluntário para tal ensaio foi um gato, que foi enfiado no barril e preenchido com colchão. O gato sobreviveu apenas com um ferimento na cabeça. Dois dias depois, Annie testou ela mesma o barril.

Annie posa para uma foto com o barril e o gato. 1901.

Annie posa para uma foto com o barril e o gato. 1901.

 Ela usou um barril feito sob medida, construído de carvalho e ferro. Vários atrasos ocorreram no lançamento no barril, especialmente porque ninguém queria fazer parte de um projeto potencialmente suicida. Mas no dia 24 de Outubro de 1901, apenas 8 meses depois da morte da Rainha Vitória, o barril foi colocado em um barco a remo e Taylor subiu junto de seu travesseiro da sorte em forma de coração. Ela entrou no barril e foi colocada à deriva perto da costa. As correntes do Niágara levaram o barril, e Annie caiu das Cataratas.

A equipe de resgate chegou logo após o acontecido, e Annie estava viva e relativamente ilesa, com a exceção de um corte na cabeça. Ela ficou momentaneamente inconsciente após a queda, mas foi andando em segurança de volta para a margem do rio. Ela contou a experiência aos repórteres:

“Eu orei cada segundo em que estive np barril, exceto por alguns segundos após a queda, durante os quais eu fiquei inconsciente. Ninguém nunca deveria fazer isso novamente. Se esse fosse o meu último susprio, gostaria de alertar qualquer pessoa contra essa tentativa. Eu prefiro ir até a boca de um canhão, sabendo que ele me explodiria em pedaços, do que fazer outra viagem dessas”.

Infelizmente, a sorte de Annie durou pouco. Quase imediatamente depois, Russel desapareceu com o seu barril e contratou uma mulher com a metade da idade de Taylor que fingia que tinha realizado a façanha. Annie gastou a maior parte de suas economias contratando detetives para encontrar novamente seu barril.Em seus últimos anos, Annie ganhava dinheiro posando com turistas para fotos e dando pequenas palestras. Em 1906, ela deu último mergulho nas Cataratas, tentando re-construir seu barril (que nunca mais foi encontrado), e ganhando dinheiro também como vidente.

Annie morreu em 29 de Abril de 1921, aos 82 anos, em Nova York. Ela morreu por conta de uma doença chamada morféia. Apesar de tudo, Annie inspirou muitas pessoas a soltarem sobre as Cataratas: entre 1901 e 1995, 15 pessoas tentaram e 10 sobreviveram. Desde o início do século 20 até hoje, pular as as Cataratas é ilegal, e os sobreviventes enfrentam taxas e multas pesadas de ambos os lados da fronteira.

Bibliografia:
The Victorian Daredevil Dame who threw herself off the Niagara Falls in a Barrel“. Acesso em 11 de Fevereiro de 2016.
Annie Edson Taylor“. Acesso em 11 de Fevereiro de 2016.
First barrel ride down Niagara Falls“. Acesso em 11 de Fevereiro de 2016.

Anúncios

10 comentários em “Annie Edson Taylor: a primeira pessoa que se jogou das Cataratas do Niágara em um barril e sobreviveu

  1. Marcos Couto
    26 de abril de 2016

    Eis a solução para nós, aposentados do estado do Rio de Janeiro!

    Curtir

  2. Caroline Dourado Hdg
    26 de abril de 2016

    Mulher de fibra! Mas é impossível não lembrar do pica-pau… 😛

    Curtir

  3. Gislaine Pietrantonio
    27 de abril de 2016

    E salve a professorinha. Kkk

    Curtir

  4. Thaynara Gomes
    27 de abril de 2016

    AAAAAAEEEEEEWWWWWW! kkkk que corajosa ela foi!

    Curtir

  5. Tânia Lorenção
    27 de abril de 2016

    Ela foi a primeira mulher, não a primeira pessoa

    Curtir

    • Maria Helena
      27 de abril de 2016

      Ela foi a primeira pessoa que desceu as cataratas em um barril e sobreviveu, como diz o título.

      Curtir

      • Tânia Lorenção
        27 de abril de 2016

        Olá! Eu fui lá e assisti a um filme nas próprias instalações e contam a história de todos os que fizeram as proezas de enfrentar as cataratas e muitos já haviam ido antes dela. É atraíram fama para si. Morrendo ou não. Como ela estava em dificuldades financeiras e fez isso por dinheiro e fama pois na época era permitido. Hoje em dia, não é mais. É multa, se a pessoa sobreviver né… rsrs

        Curtir

  6. Fernando César da Silva
    27 de abril de 2016

    PQP!… Essa veia doida e’ que deu a ideia aos desenhos animados que mostram o povo assistindo, e aplaudindo, a queda dos birutas na catarata!…

    Curtir

  7. Maria Helena
    27 de abril de 2016

    Essas informações estão no artigo. Inclusive, tem um museu que tem uma fotografia dela em tamanho real, assim como uma replica do barril (o original foi perdido) . Realmente, muitos foram antes dela, mas ninguém tinha ido dentro de um barril e sobrevivido. Nem mesmo na época era permitido pular nas cataratas: ela e seu agente fizeram primeiro um teste, com um gato dentro do barril, para provar que era seguro 😉

    Curtir

    • Tânia Lorenção
      27 de abril de 2016

      Lembrei que no filme do IMax, o gato entrava Preto e quando abriram o barril depois da queda, saia um gato branco! Kkkkk 🙂 🙂 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 26 de abril de 2016 por em Personalidades e marcado , , , , , .

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 107 outros seguidores

Translate this

Siga-nos no Youtube

%d blogueiros gostam disto: