Era Vitoriana

Primeiro site brasileiro dedicado ao período Vitoriano, datado de 1837 a 1901.

20 dicas de etiqueta para um jovem vitoriano solteiro em um baile

Nem todo homem que foi em um baile do século XIX tinha uma dama em seu encalço. Alguns eram jovens, cavalheiros, solteiros, em que o baile seria o lugar perfeito para praticar suas habilidades de dança, conversação e para conhecer jovens elegíveis. Era também um lugar que os obrigava a obedecer regras rígidas de etiqueta, e que são muito numerosas: aqui, separamos 20 regras que abordam o básico da etiqueta em um salão de baila para cavalheiros solteiros.

1 – Responda imediatamente aos convites.
“Quando você receber um convite para um baile, responda imediatamente”.
The Gentlemen’s Book of Etiquette and Manual of Politeness, 1876.

2 – Vista o traje.
“Um casaco, botas, terno preto e luvas brancas ou claras devem ser usadas em um baile. Um waistcoat branco ou gravata às vezes são usados, mas isso depende do gosto”.
The Gentlemen’s Book of Etiquette and Manual of Politeness, 1876.

3 – Uma vez vestido, peça uma segunda opinião.
“Antes de ir a um baile ou festa, não é suficiente consultar o espelho vinte vezes. Você deve ser inspecionado pessoalmente por algum criado ou amigo”.
Etiquette for Gentlemen; or Short Rules and Reflections for Conduct in Society, 1847.

4 – Quando chegar, pague seus respeitos às senhoras.
“Se há várias senhoras no local, aproveite a primeira oportunidade para prestar seus respeitos à cada uma delas e convide uma delas a dançar com você a primeira dança”.
The Gentlemen’s Book of Etiquette and Manual of Politeness, 1876.

5 – Se o baile foi dado por um parente, prepare-se para fazer o seu dever.
“Se o baile está sendo realizado em sua própria casa ou na de um parente próximo, torna-se o seu dever prestar atenção de que toda senhora, jovem ou velha, bonita ou feia, deve estar provida com um parceiro, embora a mais velha e a mais feia possam ficar sob sua responsabilidade”.
The Gentlemen’s Book of Etiquette and Manual of Politeness, 1876.

6 – Não dance a menos que você conheça os passos.
“Nenhum homem deve tentar dançar sem estar bem familiarizado com as notas. Com uma falha, colocará a mulher que lhe deu a honra de uma dança em uma situação embaraçosa, e ele criará uma situação bem diferente do que pretendia”.
Etiquette for Gentlemen; or Short Rules and Reflections for Conduct in Society, 1847.

7 – Ao dançar, preste atenção a sua parceira.
“Um cavalheiro, enquanto dança com uma senhora, deve prestar-lhe atenção quase exclusiva, e no final da dança deve convidá-la para tomar refrescos”.
Etiquette for Gentlemen, 1857.

8 – Não seja misterioso.
“Ficar com um ar afetado de mistério ou segredo ao conversar em um salão de baile é uma impertinência da qual nenhuma dama irá agradecê-lo”.
The Gentlemen’s Book of Etiquette and Manual of Politeness, 1876.

9 – Dance direito.
“Dance quitetamente, não chute nem dê cambalhotas, nem balance seu corpo de um lado para outro. Dance apenas dos quadris para baixo, e guie a senhora tão levemente quanto uma teia de aranha”.
Hints on Etiquette and the Usages of Society with a Glance at Bad Habits, 1844.

10 – Não pise nas saias de uma senhora.
“Se uma multidão estiver presente, e um cavalheiro tem a oportunidade de andar através de uma profusão de crinolina e saias, ele deve prosseguir com muita atenção – a pressa seria grosseira e inexcusável: o perigo de sujar, rasar ou desordenar o traje de uma senhora proíbe que qualquer cavalheiro dê um passo descuidado”.
Beadle’s Dime Book of Practical Etiquette for Ladies and Gentlemen, 1859.

11 – Quando dançando a valsa, preste atenção nas suas mãos.
“Se uma senhora dançar valsa com você, cuidado para não pressionar a cintura dela. Você deve apenas tocá-la com a palma de sua mão aberta, para que não deixe uma impressão desagradável não apenas na sua cintura, mas também em sua mente”.
The Perfect Gentleman , 1860.

12 – Ao dançar a quadrilha, não seja grosso.
“Conduza a senhora pela quadrilha. Não a arraste, nem aperte sua mão como se fosse feita de madeira, para que ela, não de forma injusta, pensa em você como um grosso”.
Hints on Etiquette and the Usages of Society with a Glance at Bad Habits, 1844.

13 – Não dance muito com a mesma mulher.
“Um cavalheiro não deve pedir uma dama que dança com frequência com ele, pois ele pode estar privando outros do mesmo prazer”.
The Ladies’ and Gentlemen’s Etiquette, 1877.

14 – Não esqueça as solitárias
“Um cavalheiro de cortesia genuína não dará todo seu tempo e atenção às belas mulheres da noite, mas pelo menos, pensará um pouco nas damas solitárias que se sintam desamparadas e desatendidas, e que podem não ter a oportunidade de dançar”.
The Ladies’ and Gentlemen’s Etiquette, 1877.

15 – Aceite a rejeição com boa graça.
“Quando uma senhora recusar uma dança com você, receba a negativa com graça; e se você vê-la dançando com outro depois, finja não perceber. Nessas matérias, as senhoras estão isentas de todas as explicações”.
The Illustrated Manners Book, 1855.

16 – Não sente ao lado de mulheres estranhas.
“Um cavalheiro não vai ocupar um lugar vago próximo de uma senhora que é desconhecida para ele. Se ela é conhecida, ele pode fazê-lo, com sua permissão”.
The Ladies’ and Gentlemen’s Etiquette, 1877.

17 – Não faça graça de os outros dançarinos.
“Evite todas as críticas, sátiras, hostis ou comentários desgostosos, como tal, nunca pode contá-lo a aquele que são dirigidos, e podem ser repetidos em sua própria custa”.
The Fashionable Dancer’s Casket, 1856.

18 – Não ofereça para acompanhar uma dama até sua casa.
“Em um baile público, é excepcional para um cavalheiro oferecer escolta para uma senhora: ela com certeza irá recusar”.
Etiquette for Gentlemen 1857.

19 – Não seja o último a ir embora.
“Não seja o último a deixar o salão do baile. É mais elegante sair cedo, pois ficar até muito tarde dará aos outros a impressão de que você não recebe convites frequentemente e por isso tem que ‘aproveitar ao máximo’.
The Gentlemen’s Book of Etiquette and Manual of Politenes, 1876.

20 – Não presuma que a apresentação durante o baile vale também para depois do baile.
“Qualquer apresentação a uma senhora em um baile público com o mero propósito de dançar não dará direito de reivindicar seu conhecimento depois. Portanto, quando encontrá-la depois, no máximo você pode levantar o seu chapéu. Mas mesmo isso é melhor evitado, a menos que, de fato, ela se curve primeiro – nem ela nem seus amigos podem saber quem ou o que você é”.
The Perfect Gentleman; or, Etiquette and Eloquence, 1860.

Fonte: The Etiquette of the Victorian Ballroom: Twenty Tips for Single Gentlemen.
Anúncios

7 comentários em “20 dicas de etiqueta para um jovem vitoriano solteiro em um baile

  1. Shirlene F. Silva Rabelo
    5 de julho de 2017

    Fantastico saber desses detalhes,ja tinha lido alguns artigos sobre a etiqueta feminina.

    Curtir

  2. Laísa Pedroso
    5 de julho de 2017

    Reparem na regra 14!
    Me lembra muito Lady Bridgerton pedindo que os filhos não deixassem as moças sentadas ou escondidas nos cantos do salão de baile! 😁😍

    Curtir

  3. Flavia Brito
    5 de julho de 2017

    15 – Aceite a rejeição com boa graça.
    “Quando uma senhora recusar uma dança com você, receba a negativa com graça; e se você vê-la dançando com outro depois, finja não perceber. Nessas matérias, as senhoras estão isentas de todas as explicações”.
    Isso é válido pro século 21 também, tá amiguinhos?

    Curtir

  4. Ana Amoedo
    6 de julho de 2017

    5 – Se o baile foi dado por um parente, prepare-se para fazer o seu dever.
    “Se o baile está sendo realizado em sua própria casa ou na de um parente próximo, torna-se o seu dever prestar atenção de que toda senhora, jovem ou velha, bonita ou feia, deve estar provida com um parceiro, embora a mais velha e a mais feia possam ficar sob sua responsabilidade”.
    The Gentlemen’s Book of Etiquette and Manual of Politeness, 1876.
    Está 5° regra , imagino não agradar tanto aos jovens.😂kkkk

    Curtir

  5. Carol Azevedo
    6 de julho de 2017

    Mr.Darcy viu isso aqui? Pq eu acho que não.

    Curtir

    • Maria Helena
      6 de julho de 2017

      Essas ‘regras’ são posteriores a da época do Mr. Darcy. Mas acredito que na época do romance (século 18 se não me falha a memória) as regras seriam mais rígidas ainda…

      Curtir

  6. Arianne Ribeiro
    6 de julho de 2017

    Sobre não ser o último a sair da festa, minha mãe sempre me falou isso!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 4 de julho de 2017 por em A vida no período e marcado , , , , , , , , .

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 107 outros seguidores

Translate this

Siga-nos no Youtube

%d blogueiros gostam disto: