Busca

Era Vitoriana

Primeiro site brasileiro dedicado ao período Vitoriano, datado de 1837 a 1901.

A Caixa de Wardian e a História dos terrários vitorianos

Raríssimo terrário inglês, 1860-1870.
Raríssimo terrário inglês, 1860-1870.

Popularmente, os terrários surgiram em um período que mercadorestransportavam espécimes de plantas por milhares de quilômetros. Para isso, eles criavam um mini-ambiente auto-sustentável em que a umidade criada pelas plantas coletadas escorreria pelo vidro e abastecería-las. Chamados originalmente de “Caixa de Wardian”, ou Wardian Case, foram criadas originalmente pelo médico apaixonado por botânica Nathaniel Ward, que em 1820 possuía uma coleção de 25 mil espécimes em seu herbário. Na década de 1840, inconformado de que algumas plantas não se adaptavam ao ambiente, ele decidiu tentar cultivar algumas plantas dentro de uma caixa criada para a observação de insetos, pensando que assim as plantas seriam isoladas do ambiente externo e ainda poderiam ter luz, por conta do vidro transparente. Continuar lendo “A Caixa de Wardian e a História dos terrários vitorianos”

Morre Emma Morano, última pessoa nascida no século XIX, aos 117 anos de idade

Emma Morano, a pessoa mais velha do mundo e que se acredita ser a última pessoa nascida no século XIX, morreu no sábado aos 117 anos de idade. A notícia foi divulgada hoje. Continuar lendo “Morre Emma Morano, última pessoa nascida no século XIX, aos 117 anos de idade”

Enfermeiras no período vitoriano

A medicina do século XIX era uma combinação assustadora de medicamentos botânicos (alguns preparados com mercúrio, arsênico, ferro e fósforo), de ‘conhecimento popular’ (como a sugestão de laxantes e sangrias), assim como um conhecimento básico da anatomia humana – a dissecação ainda era proibida em vários lugares do mundo. Com a rápida urbanização das cidades, as taxas de mortalidade se elevaram mais na cidade do que no campo: tifo, tuberculose, varíola e cólera eram comuns e assustadoras, combinadas com um saneamento pobre. Apenas em 1875 seria feita a Lei de Saúde Pública na Inglaterra, abrangendo a habitação, esgoto, drenagem, abastecimento de água e doenças contagiosas, proporcionando à Grã-Bretanha o sistema de saúde pública mais extenso do mundo. O progresso tecnológico foi acompanhado por descobertas científicas, tais como o estetoscópio, em 1817, e a anestesia, em 1840. Continuar lendo “Enfermeiras no período vitoriano”

Novelas brasileiras que se passavam no século 19 e seus figurinos [2ª Parte]

cats

Esse artigo abordará nove novelas cujas tramas se passaram no final do século XIX. Sabe-se que muito do charme de uma novela com enredo histórico se deve ao fascínio que as roupas de outras épocas exerce sobre o público, principalmente os vestidos femininos. Por isso, serão abordados as questões do figurino com especial enfoque nas mulheres das seguintes novelas: “O Tempo e o Vento”, “Pacto de Sangue”, “As Pupilas do Senhor Reitor”, “A Escrava Isaura”, “O Primo Basílio”, “Sinhazinha Flô”, “Sinhá Moça”, “Memórias de Amor”, “Os Maias” e “O Homem Proibido”. Continuar lendo “Novelas brasileiras que se passavam no século 19 e seus figurinos [2ª Parte]”

Calendário vitoriano 2017

era0g

Para quem todos vocês tenham um ano inteiro lembrando sempre do período vitoriano e do @VitorianaEra, decidi criar esses modelos de calendário 2017. Para utilizá-los, basta clicar na foto e fazer o download da imagem. Continuar lendo “Calendário vitoriano 2017”

Museus brasileiros que contém roupas do século XIX em suas coleções

roupas

Quem ama o século XIX, que abrangeu grande parte da Era Vitoriana, muitas vezes também gosta das roupas desse período. No entanto, ao contrário da Europa ou dos Estados Unidos, em que praticamente qualquer cidade tem um ‘mini-museu’ contando a história da cidade e com acesso à roupas de época, no Brasil a situação é bem diferente (e bem precária), podendo ser contado nos dedos os museus que têm roupas do século XIX em suas coleções. Para facilitar a nossa vida, fiz aqui uma lista de museus brasileiros que sabemos que expõe roupas do século XIX: Continuar lendo “Museus brasileiros que contém roupas do século XIX em suas coleções”

Os vitorianos dormiam dentro de armários? Conheça a história das Camas Box no período vitoriano

precos

Muito difundida na era digital, uma série de fotografias mostrando criados vitorianos dormindo dentro de armários são extremamente famosas e divulgadas como a falta de higiene e humanidade do século XIX. No entanto, poucos sabem que na verdade essas fotografias são de origem francesa e são encenadas, com os ‘atores’ utilizando trajes folclóricos e tradicionais bretões. Continuar lendo “Os vitorianos dormiam dentro de armários? Conheça a história das Camas Box no período vitoriano”

Como fazer bolas de natal inspiradas no período vitoriano

natal

O costume alemão de fazer uma árvore de Natal foi ampliada pelos vitorianos, tanto em estilo quanto em decoração. O que fazia a árvore vitoriana ser tão especial era sua elaborada decoração, que incluía homens de gengibre, doces de maçapão, frutas secas, nozes e bolas de natais. As bolas usadas como ornamentos nas árvores de natais vitorianas eram quase sempre feitas de tecido, e foi apenas no final do século 19 que as bolas e pingentes de vidro viriam da Alemanha para substituir os enfeites caseiros. Nesse tutorial, você aprenderá como fazer as bolas vitorianas de tecido: Continuar lendo “Como fazer bolas de natal inspiradas no período vitoriano”

A moda feminina por década: 1850 a 1860 (vestidos, sapatos e chapéus)

 1860
Os vestidos

A senhora da metade do século XIX era elegante e ricamente enfeitada com babados, rendas, tranças e fitas. A moda consciente vitoriana criou essa aparência com uma combinação misteriosa de “desconfortável e inconveniente” com “frívolo e decorativo”. As numerosas anáguas pesadas, espartilhos apertados eram escondidos sobre mangas, leques, luvas, chapéus e guarda-sois. Olhando para uma mulher, tínhamos a visão de elegância e graça, com a ilusão de facilidade e conforto. Continuar lendo “A moda feminina por década: 1850 a 1860 (vestidos, sapatos e chapéus)”

Acima ↑